terça-feira, 14 de outubro de 2014

PETRÓPOLIS É A 4ª CIDADE COM MAIS QUEIMADAS DO BRASIL

FOTO DE LUCAS ENTER - ITAIPAVA
Segundo dados do Centro de Previsões do Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/INPE), Petrópolis é a quarta cidade do Brasil com maior número de focos de incêndio nas últimas 48h. Queimadas se alastram e já atingem região de Teresópolis, Areal e São José do Vale do Rio Preto. 

Somente no Parque Nacional da Serra dos Órgãos - Parnaso, uma área equivalente a 300 campos de futebol já foi devastada. Há 30 brigadistas no local, aguardando a chegada de um helicóptero dos bombeiros, para ajudar no combate. 

Simultaneamente, equipes dos bombeiros, polícia civil e militar do Rio estão lutando contra outros focos na Pedra de Itaipava, em Pedro do Rio, na Posse e também em São José do Vale do Rio Preto. 

Ao todo, mais de 2500 hectares já foram destruídos pelo fogo.   

"Parece que o mundo vai acabar". Queimadas sufocam Petrópolis.

FOTO: ARTHUR VIEIRA


A cidade acordou sufocada. "Se o mundo está acabando, começou por aqui", declarou Lúcia Helena Santos, moradora de Araras, muito assustada com a atual situação da região. A fumaça tomou conta do ar, e impediu que o sol aparecesse em vários pontos de Itaipava.

Os incêndios florestais já destruíram mais de 2.200 hectares de vegetação em Petrópolis. Ao todo, foram mais de 400 focos de queimadas em toda a cidade. Mais de 130 homens, entre bombeiros, policiais civis e militares estão atuando nas áreas onde há fogo, junto a viaturas cedidas pelo governo do estado, e também aeronaves da polícia e dos bombeiros do Rio.
O ponto mais crítico é o Parque Nacional da Serra dos Órgãos, em Corrêas, onde vários animais foram encontrados carbonizados, e o incêndio não foi controlado.

Uma base de operações foi montada na sede do 2/15 Destacamento de Bombeiro Militar de Itaipava, de onde partem as viaturas e os helicópteros.

Áreas da Posse, São José do Vale do Rio Preto, Nogueira, Corrêas, Araras, Pedro do Rio e Itaipava foram as mais atingidas, segundo os militares.

Até o início da tarde de terça-feira (14), vários focos ainda estavam sem controle. A previsão é de que uma virada no tempo aconteça nas próximas horas, e alivie a situação até amanhã, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia. Porém, a quantidade de chuva pode não ser o suficiente para extinguir totalmente os focos. 


ITAIPAVA HOJE PELA MANHÃ - ARTHUR VIEIRA

CORRÊAS HOJE DE MANHÃ. CÉU COBERTO POR FUMAÇA - LUIZ CLAUDIO PONTE 

FOGO AVANÇA SOBRE PEDRA DE ITAIPAVA - LUCAS ENTER

BRIGADISTA EXAUSTO AO COMBATER INCÊNDIO NA SERRA DOS ÓRGÃOS - FOTO: PARNASO

AMANHECER COM TEMPO ABAFADO NA POSSE - ARTHUR VIEIRA

INCÊNDIO NA POSSE - ARTHUR VIEIRA

INCÊNDIO AVANÇA EM BAIRRO DA POSSE - ARTHUR VIEIRA

FOGO TAMBÉM EM SÃO JOSÉ DO VALE DO RIO PRETO - ROSANIA 

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

VEJA A LISTA DOS DEPUTADOS ELEITOS NO ESTADO DO RIO

Veja a lista dos deputados eleitos para a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), e para o Congresso Nacional, para representar o Estado do Rio.


DEPUTADOS ESTADUAIS
Marcelo Freixo (PSOL) - 350.408
Wagner Montes (PSD) - 208.814
Flávio Bolsonaro (PP) - 160.359
Samuel Malafaia (PSD) - 140.148
Paulo Melo (PMDB) - 125.391

Nivaldo Mulim (PR) - 93.192
Fabio Silva (PMDB) - 82.168
André Corrêa (PSD) - 81.364
Jorge Picciani (PMDB) - 76.590
Cidinha Campos (PDT) - 75.492
Dionísio Lins (PP) - 75.405
Pedro Fernandes (SD) - 75.366
Tia Ju (PRB) - 74.803
Osorio (PMDB) - 70.835
Domingos Brazão (PMDB) - 70.314
Lucinha (PSDB) - 65.760
Gustavo Tutuca (PMDB) - 64.248
Rafael Picciani (PMDB) - 63.073

Carlos Macedo (PRB) - 62.088
Edson Albertassi (PMDB) - 61.549
Bebeto Tetra (SD) - 61.082

Zeidan (PT) - 60.810
Bernardo Rossi (PMDB) - 56.806
Daniele Guerreiro (PMDB) - 55.821
Waguinho (PMDB) - 53.835
Delegada Martha Rocha (PSD) - 52.698
Márcio Pacheco (PSC) - 50.344
Christino Áureo (PSD) - 50.168

Dr. Deodalto (PTN) - 48.496
Pedro Augusto (PMDB) - 48.345
André Lazaroni (PMDB) - 44.473

Benedito Alves (PMDB) - 44.381
Rosenverg Reis (PMDB) - 43.045
Thiago Pampolha (PTC) - 41.897
Luiz Paulo (PSDB) - 39.992
Carlos Minc (PT) - 39.865
Luiz Martins (PDT) - 39.309
Marcus Vinícius Neskau (PTB) - 39.192

Filipe Soares (PR) - 39.058
Tio Carlos (SD) - 38.851
Farid Abrão (PTB) - 38.342
Iranildo Campos (PSD) - 36.914
Waldeck (PT) - 36.755
Jose Luiz Nanci (PPS) - 36.356
Comte (PPS) - 36.155

Bruno Dauaire (PR) - 35.645
Marcia Jeovani (PR) - 34.870
Marcio Canella (PSL) - 34.495
Rogerio Lisboa (PR) - 34.030
Enfermeira Rejane (PCdoB) - 33.990
Jorge Felippe Neto (PSD) - 32.066
João Peixoto (PSDC) - 31.243
Andre Ceciliano (PT) - 31.207

Dr. Sadinoel (PT) - 30.504
Zaqueu (PT) - 30.304
Milton Rangel (PSD) - 28.957
Marcos Abrahao (PTdoB) - 28.777
Jair Bitencourt (PR) - 28.133
Janio Mendes (PDT) - 28.012
Renato Cozzolino (PR) - 26.697
Atila Nunes (PSL) - 25.042
Zito (PP) - 24.491
Wanderson Nogueira (PSB) - 20.073
Paulo Ramos (PSOL) - 18.732
Zé Luiz Anchite (PP) - 17.401
Graça Pereira (PRTB) - 16.876
Flávio Serafini (PSOL) - 16.117
Eliomar Coelho (PSOL) - 14.144
Marcos Miller (PHS) - 12.929
Dr. Julianelli (PSOL) - 11.805
DEPUTADOS FEDERAIS
Jair Bolsonaro (PP) – 464.572 votos
Clarissa Garotinho (PR) – 335.061 votos
Eduardo Cunha (PMDB) – 232.708 votos
Chico Alencar (PSOL) – 195.964 votos
Leonardo Picciani (PMDB) – 180.741 votos
Pedro Paulo (PMDB) – 162.403 votos
Jean Wyllys (PSOL) – 144.770 votos
Roberto Sales (PRB) – 124.087 votos
Marco Antônio Cabral (PMDB) – 119.584 votos
Otavio Leite (PSDB) – 106.398 votos
Felipe Bornier (PSD) – 105.517 votos
Sóstenes Cavalcante (PSD) – 104.697 votos
Washington Reis (PMDB) – 103.190 votos
Rosangela Gomes (PRB) – 101.686 votos
Júlio Lopes (PP) – 96.796 votos
Índio da Costa (PSD) – 91.523 votos
Alessandro Molon (PT) - 87.003 votos
Hugo Leal (PROS) – 85.449 votos
Glauber (PSB) – 82.236 votos
Cristiane Brasil (PTB) – 81.617 votos
Jandira Feghali (PCdoB) – 68.531 votos
Dr. João (PR) – 65.624 votos
Simão Sessim (PP) – 58.825 votos
Celso Pansera (PMDB) – 58.534 votos
Miro Teixeira (PROS) – 58.409 votos
Aureo (SD) – 58.117 votos
Sergio Zveuter (PSD) – 57.587 votos
Arolde de Oliveira (PSD) – 55.380 votos
Rodrigo Maia (DEM) – 53.167 votos
Chico D’Angelo (PT) – 52.809 votos
Cabo Daciolo (PSOL) – 49.831 votos
Luiz Sergio (PT) – 48.903 votos
Alexandre Serfiotis (PSD) – 48.879 votos
Deley (PTB) – 48.874 votos
Soraya Santos (PMDB) – 48.204 votos
Benedita da Silva (PT) – 48.163 votos
Paulo Feijó (PR) – 48.058 votos
Marcelo Matos (PDT) - 47370 votos
Fernando Jordão (PMDB) – 47.188 votos
Francisco Floriano (PR) – 47.157 votos
Marcos Soares (PR) - 44.440 votos
Altineu Cortes (PR) – 40.593 votos
Fabiano Horta (PT) 37.989 votos
Ezequiel Teixeira (SD) – 35.701 votos
Luiz Carlos Ramos do Chapeu (PSDC) – 33.221 votos
Alexandre Valle (PRP) – 26.526 votos
Metade do número de parlamentares do Rio será renovada a partir do próximo anos. Dos 46 candidatos, 23 foram reeleitos nestas eleições.

Os reeleitos são:
Jair Bolsonaro (PP) – 464.572 votos
Eduardo Cunha (PMDB) – 232.708 votos
Chico Alencar (PSOL) – 195.964 votos
Leonardo Picciani (PMDB) – 180.741 votos
Jean Wyllys (PSOL) – 144.770 votos
Otavio Leite (PSDB) – 106.398 votos
Felipe Bornier (PSD) – 105.517 votos
Washington Reis (PMDB) – 103.190 votos
Júlio Lopes (PP) – 96.796 votos
Alessandro Molon (PT) - 87.003 votos
Hugo Leal (PROS) – 85.449 votos
Glauber (PSB) – 82.236 votos
Jandira Feghali (PCdoB) – 68.531 votos
Simão Sessim (PP) – 58.825 votos
Miro Teixeira (PROS) – 58.409 votos
Aureo (SD) – 58.117 votos
Sergio Zveiter (PSD) – 57.587 votos
Arolde de Oliveira (PSD) – 55.380 votos
Rodrigo Maia (DEM) – 53.167 votos
Luiz Sergio (PT) – 48.903 votos
Benedita da Silva (PT) – 48.163 votos
Paulo Feijó (PR) – 48.058 votos
Francisco Floriano (PR) – 47.157 votos

Cristiane Brasil é reeleita Deputada Federal por Petrópolis


A petropolitana Cristiane Brasil (PTB), filha do ex-presidente nacional do PTB, também petropolitano, Roberto Jefferson, foi eleita Deputada Federal por Petrópolis com 81817 votos. Cristiane é conhecida por atuar em defesa da terceira idade, com projetos junto ao deputado Marcus Vinicius Neskau. 

Veja a lista dos deputados eleitos no Rio